Página Principal  |  Vídeos  |  Classificados  |  Avaliação  |  Catálogo  |  Comparativo  |  Opinião do Dono  |  Rankings  |  Fale Conosco
Página Principal > Notícias                                                                         Compartilhe:
Hyundai i30 chega para brigar entre hatches médios
18/06/2009    
 

 

 

 

 

 

Dois anos depois de ter sido lançado na Alemanha, país onde foi concebido, no estúdio de design da marca o i30 está sendo comercializado no Brasil desde o mês de março, vindo da fábrica da Hyundai na Coréia do Sul. Em um primeiro momento, somente uma versão de acabamento está disponível, a GLS. Ela vem equipada com câmbio automático de quatro marchas e é oferecida por R$ 69.900. Segundo a Hyundai, outras quatro configurações, sendo duas com câmbio manual de cinco marchas, devem chegar ao País até o fim do ano, com preços entre R$ 54.000 e R$ 72.000, na opção topo da linha.

A carroceria do i30 tem 4,23 metros de comprimento, 1,77 m de largura e 1,48 m de altura. A parte frontal traz linhas que se integram ao restante do veículo, enquanto a traseira conta com grandes lanternas. O toque esportivo fica por conta de um aerofólio traseiro, com luz auxiliar de freio integrada, e rodas de liga leve de 17 polegadas. Os 2,65 m de distância entreeixos garantem bom espaço interno ao i30 e proporcionam conforto suficiente para acomodar três ocupantes no banco traseiro. A capacidade do porta-malas é de 360 litros, podendo ser ampliada para 1.250 l com os bancos traseiros rebatidos. A versão que está disponível nas revendas traz volante esportivo de três raios e duas cores, com ajuste manual de altura e profundidade. O painel de instrumentos vem com iluminação azul, semelhante a de alguns modelos da Volkswagen. O acabamento interno agrada e conta com os de alumínio no console central, alavanca de câmbio e volante.

O i30 ainda é equipado de série com teto solar elétrico, piloto automático com limitador de velocidade no volante, computador de bordo, saídas de ar para o banco traseiro, porta luvas com chave e refrigerado e destravamento automático da tampa do bagageiro. O console central tem apoio para braço, porta-copos e tomada de 12 V. O sistema de áudio integrado conta com CD player e leitor de MP3 e pode ser acionado por meio de botões no miolo do volante. Equipamentos auxiliares, como conectividade para tocador Apple iPod e dispositivos USB, também podem ser conectados ao conjunto.

Todas as versões do i30 têm sob o capô o motor 2.0 DOHC Beta, de quatro cilindros e 16 válvulas. Este bloco é uma evolução do propulsor do utilitário esportivo Tucson, e possui comando de válvulas variável. Ele é capaz de entregar 145 cavalos de potência a 6.000 rpm e torque de 19,4 kgfm a 4.500 giros. Por ser movido somente a gasolina, o modelo acaba ficando em desvantagem em relação a alguns rivais que tem motorização bicombustível, como o Volkswagen Golf.

O ponto negativo fica por conta da transmissão automática de quatro marchas que, apesar de contar com sistema de condução adaptativa, que proporciona trocas mais rápidas de acordo com a força aplicada no pedal do acelerador, o hatch não ofereceu respostas ágeis aos engates. A Hyundai não divulgou dados de consumo do veículo, tampouco os números de desempenho, como tempo que o carro leva para acelerar de 0 zero a 100 km/h ou a velocidade máxima.

O conjunto de suspensão do i30, tipo McPherson, na dianteira, e Multi-link, na traseira, com amortecedores a gás de dupla ação, é a mesma do Ford Focus, o que garantiu boa absorção das imperfeições do asfalto. A versão avaliada vem com dois airbags frontais, freios com ABS e distribuição eletrônica de frenagem EBD, além de direção elétrica.

A lista de rivais do i30 no Brasil não é pequena e traz nomes importantes como o VW Golf, Chevrolet Vectra GT, o Fiat Stilo, a linha C4, da Citroën VTR e Hatch, o Peugeot 307, o Nissan Tiida, o Ford Focus, o Audi A3 e, claro, o modelo que serviu de inspiração, o BMW Série 1.

A Hyundai espera comercializar 2.000 exemplares por mês por aqui. "Vamos batalhar, contudo, para chegar a três mil unidades", afirma Carlos Alberto de Oliveira Andrade, presidente do Grupo CAOA, que desde 1999 importa veículos do fabricante coreano. Segundo Andrade, a rede de concessionárias da marca é formada atualmente por 145 lojas, mas será ampliada. "Até o fim do ano serão inauguradas entre 40 e 50 novas revendas", revelou o empresário.

A gama do i30 só ficará completa no fim do ano. Segundo a empresa, até dezembro, chegarão outras quatro versões. O que distinguirá cada uma delas será a oferta de equipamentos e o tipo de transmissão. A mais barata, de R$ 54.000, tem ar-condicionado manual, freios ABS sem o EBD e câmbio manual. Já a topo de linha, chegará por R$ 72.000 e trará o controle de tração ESP, bancos de couro e airbags laterais e de cortina, além dos frontais. Todas elas têm garantia de cinco anos, sem limite de quilometragem. Uma versão perua do i30 também é esperada para o mercado nacional. No entanto, a Hyundai não confirmou a data de lançamento do modelo.

 Avaliação do i30

 Opinião do dono

 Ficha técnica e equipamentos do i30

 Notícias sobre i30

 Anúncios de i30 à venda

 Notícias de todos os carros

Indique esta página para seus amigos:





<< Pajero Sport vem com primeiro motor V6 Flex
Mini Cooper S Cabrio chega por R$ 134.900 >>
 Topo da página






Tabela Fipe
Confira o preço do carro que você quer comprar ou vender



Antes de comprar
Conheça dicas e macetes para adquirir um veículo e saiba como verificar sua procedência

Próximos Lançamentos
Saiba quais serão os principais lançamentos do mercado brasileiro

Carros mais vendidos
Confira gráficos com os carros mais vendidos separados por categorias



   Página Principal  |  Mapa do site  |  Sobre o site  |  Privacidade  |  Termos de uso  |  Mobile  |  Fale Conosco                                             Comunicar erro